Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
65 dias
06 mai
Próximo evento em
107 dias
20 mai
Próximo evento em
121 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
135 dias
10 jun
Próximo evento em
142 dias
24 jun
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
163 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
177 dias
29 jul
Próximo evento em
191 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
219 dias
02 set
Próximo evento em
226 dias
09 set
Próximo evento em
233 dias
23 set
Próximo evento em
247 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
254 dias
07 out
Próximo evento em
261 dias
21 out
Próximo evento em
275 dias
28 out
Próximo evento em
282 dias
05 nov
Próximo evento em
290 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
303 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
318 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
327 dias

Haas e Sauber têm novo motor Ferrari à disposição na Hungria

compartilhar
comentários
Haas e Sauber têm novo motor Ferrari à disposição na Hungria
Por:

Motor que só será usado pela Ferrari no último terço da temporada deverá ser ‘testado’ por times clientes

ferrari SF71H engine detail
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
A Haas F1 logo on the nose of the Haas F1 Team VF-18
Marcus Ericsson, Sauber C37

Os técnicos da Ferrari estão oferecendo a suas duas equipes clientes um novo motor para o GP da Hungria deste final de semana. Tanto Haas quanto Sauber querem a usá-lo o mais rápido possível, já que seus motores atuais já têm seis corridas.

O novo motor deve antecipar o EVO3, que a Scuderia usará mais tarde nesta temporada. Além disso, os dois times também têm à sua disposição um novo MGU-H.

Assim, o novo motor a ser disponibilizado pela Ferrari não é o mesmo motor usado por Sebastian Vettel desde o GP do Canadá (2ª evolução), e sim o último desenvolvimento aprovado pelos técnicos de Maranello, destinado a ser montado nos dois carros da Ferrari no último terço da temporada.

O feedback que chegará das equipes clientes é valioso para avaliar o trabalho feito sem assumir riscos com a equipe oficial.

Haas e Sauber foram para o segundo motor na véspera do GP de Mônaco, completando seis finais de semana sem problemas, e a opção de mudar para o novo MGU-H foi deixada à vontade dos times. Acredita-se que ambas as equipes devem estar alinhadas na escolha de correr imediatamente com os novos motores.

Os quatro pilotos (Magnussen, Grosjean, Leclerc e Ericsson) não terão penalidade trocando o motor, mas no caso da substituição do turbo e do MGU-H, o francês Grosjean teria punição, já que atualmente usa o terceiro componente dos dois itens.

A avaliação da Haas pode levar a uma substituição apenas do motor, para evitar que o francês saia do fim do grid em uma pista onde ultrapassar é tão difícil.

GALERIA: Relembre os últimos vencedores do GP da Hungria

Artigo anterior

GALERIA: Relembre os últimos vencedores do GP da Hungria

Próximo artigo

Bottas insiste que não é escudeiro de Hamilton

Bottas insiste que não é escudeiro de Hamilton
Carregar comentários