Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
63 dias
06 mai
Próximo evento em
105 dias
20 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
133 dias
10 jun
Próximo evento em
140 dias
24 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
175 dias
29 jul
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
217 dias
02 set
Próximo evento em
224 dias
09 set
Próximo evento em
231 dias
23 set
Próximo evento em
245 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
252 dias
07 out
Próximo evento em
259 dias
21 out
Próximo evento em
273 dias
28 out
Próximo evento em
280 dias
05 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
301 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
316 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
325 dias

Rosberg: Ferrari errou na concepção aerodinâmica do carro

compartilhar
comentários
Rosberg: Ferrari errou na concepção aerodinâmica do carro
Por:

Piloto alemão diz que time investiu erroneamente em carro com pouca carga aerodinâmica e paga preço disso

O carro de 2019 da Ferrari está "no lugar errado aerodinamicamente" e será necessário "muito trabalho" para consertar tudo, acredita o campeão mundial de 2016, Nico Rosberg.

A equipe italiana adotou uma abordagem aerodinâmica diferente da Mercedes neste ano, com uma filosofia de menor downforce em relação à equipe alemã.

Leia também:

Avaliando o GP da China em seu canal no YouTube, o ex-piloto da Mercedes disse: "a Mercedes é a grande favorita no momento. Eles estão aparentando estar mais fortes. A Ferrari está com problemas. A Ferrari colocou seu carro no lugar errado aerodinamicamente”.

"Eles têm muito pouco arrasto e não há downforce suficiente nas curvas. É onde eles estão perdendo muito tempo. Não é ideal para a volta mais rápida possível. Então, eles estão no lugar errado com o carro."

A Mercedes calculou que a Ferrari estava ganhando até 0s5 por volta nas retas do Bahrein.

No entanto, na China – pista que possui uma longa reta oposta – a Mercedes fez a primeira fila na qualificação e derrotou a Ferrari com relativa facilidade na corrida. Rosberg acredita que a Ferrari tentou compensar adicionando downforce na traseira do carro, mas não conseguiu fazer isso de forma eficaz.

"Eles estavam tentando neste fim de semana colocar um pouco mais de asa traseira, mas não tinham a asa traseira maior de que precisavam", disse Rosberg.

"Eles precisam produzir isso, mas também colocar uma asa traseira não é uma maneira eficiente porque é apenas um aumento de 1:1 no downforce e no arrasto."

"Esse não é o caminho a percorrer. O caminho a percorrer é tirar isso de outros lugares do carro, como asas dianteiras e tudo mais. Isso é o que realmente eles precisam se concentrar agora. Mas isso é muito trabalho. Vai ser preciso tempo, não é ótimo."

A próxima corrida da temporada acontece em duas semanas no Azerbaijão, que tem uma reta ainda mais longa do setor final até a primeira curva.

No entanto, a parte central da volta tem várias curvas mais lentas e tradicionais dos circuitos de rua.

"A Ferrari vai ser forte nessas pistas com muitas retas", disse Rosberg. "Baku, não tenho muita certeza. Há muitas curvas lentas onde eles vão perder muito e muitas retas onde vão ganhar."

"É muito difícil julgar se vai ser uma pista onde eles estarão à frente. Vamos ver. Eu colocaria a Mercedes à frente no momento em todos os lugares, até mesmo em Barcelona."

Leclerc: Estratégia para segurar Bottas foi a "coisa certa" para a Ferrari

Artigo anterior

Leclerc: Estratégia para segurar Bottas foi a "coisa certa" para a Ferrari

Próximo artigo

Mercedes: Ordens de equipe da Ferrari podem “abrir precedente”

Mercedes: Ordens de equipe da Ferrari podem “abrir precedente”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari
Autor Scott Mitchell