Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
64 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
78 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
85 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
141 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
148 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
162 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
169 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
183 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
197 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
204 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
232 dias

Russell perderá segundo treino em Baku após acidente com bueiro

compartilhar
comentários
Russell perderá segundo treino em Baku após acidente com bueiro
Por:
26 de abr de 2019 11:33

Depois de incidente com tampa de drenagem na pista de Baku, Williams do britânico terá de perder a outra sessão prática da sexta-feira

George Russell vai ficar de fora do segundo treino livre para o GP do Azerbaijão da Fórmula 1 depois de seu incidente com uma tampa de bueiro na primeira sessão desta sexta-feira. A bizarra colisão danificou o chassi e o assoalho da FW42, o que deixa o novato de fora da próxima prática.

O chassi sobressalente da Williams está agora sendo preparado, mas, de acordo com os regulamentos da FIA, se um piloto fizer uma troca, ele não poderá participar de outra sessão no mesmo dia.

Leia também:


Além disso, acredita-se que alguns dos elementos da unidade de potência de Russell foram danificados e podem não ser utilizáveis, o que aumenta a chance de potenciais penalidades no grid de largada.

Além do problema com Russell, seu companheiro Robert Kubica também foi prejudicado, já que nunca foi à pista em Baku. Após o incidente do novato, depois de aproximadamente 10 minutos de bandeira verde, o TL1 foi interrompido e, logo após, suspenso. Assim, o veterano polonês perdeu boa oportunidade para se familiarizar com o circuito do Azerbaijão.

Diretora da tradicional equipe inglesa, Claire Williams reclamou do ocorrido ao Motorsport.com: “Quando você manda um carro para uma pista, deve ter a certeza de que o carro não será danificado pela pista. Estou incrivelmente irritada com isso, claro. A coisa mais importante é que George está bem, e que não aconteceu nada grave, já que poderia ter sido um acidente maior”.

“Temos que pedir à FIA e à FOM para garantir que isso não aconteça mais no futuro. E para nós, como uma equipe independente, há sérias implicações financeiras. O chassi está partido e teremos que reverter para um outro chassi. Nós vamos perder o treino desta tarde, e potencialmente teremos que substituir outras peça. Não está tudo bem”, disse Williams.

Depois que a Haas de Romain Grosjean foi danificada por uma tampa de drenagem solta no GP da Malásia de 2017, a equipe norte-americana reivindicou uma compensação financeira com sucesso. Perguntada se iria seguir o exemplo, Williams respondeu: "Acho que essas conversas vão acontecer".

Hydraulic fluid on the damaged car of George Russell, Williams Racing FW42

Hydraulic fluid on the damaged car of George Russell, Williams Racing FW42

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Próximo artigo
Primeiro treino da F1 em Baku é suspenso por problema com bueiro

Artigo anterior

Primeiro treino da F1 em Baku é suspenso por problema com bueiro

Próximo artigo

Após rumores, Williams insiste que equipe de F1 não está à venda

Após rumores, Williams insiste que equipe de F1 não está à venda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Pilotos George Russell
Equipes Williams
Autor Adam Cooper