Bradl é confirmado como wildcard da Honda em Jerez

Alemão fará três corridas nesta temporada com quinta moto da escuderia japonesa na MotoGP

Bradl é confirmado como wildcard da Honda em Jerez

O piloto de testes da Honda na MotoGP, Stefan Bradl, fará sua primeira aparição na temporada 2019 no GP da Espanha, em Jerez – quarta etapa do mundial.

Bradl disputou um total de cinco corridas no ano passado, duas como wildcard da Honda (em Brno e Misano), uma como substituto de Franco Morbidelli (em Sachsenring) e duas como substituto de Cal Crutchlow na LCR nas duas últimas etapas do campeonato, em Sepang e Valência.

Leia também:

As equipes de fábrica sem concessões podem fazer até três wildcards. Com isso, Bradl, campeão de Moto2 em 2011, regressa à ação em Brno e deve fazer sua última corrida do ano em Misano.

A Ducati e a Suzuki revelaram planos para inscreverem seus respectivos pilotos de testes, Michele Pirro e Sylvain Guintoli, em três corridas cada um neste ano. Pirro estará em Mugello, Misano e Valência, já Guintoli corre em Barcelona, ​​Brno e Motegi.

A Yamaha não fez planos para wildcards com o novo piloto de testes europeu Jonas Folger, embora se espere que volte a correr com Katsuyuki Nakasuga, do All-Japan Superbike, em Motegi.

As fábricas com concessões, Aprilia e KTM, têm permissão para ter até seis wildcards durante o ano, mas a montadora austríaca indicou que não terá nenhuma moto adicional em 2019, uma vez que se expandiu seu grupo para quatro motos neste ano com a adição de seu novo time cliente, a Tech 3.

Bradley Smith, piloto de teste da Aprilia, fará o primeiro de cinco jogos de wildcards previstos para este ano neste fim de semana no Catar, ao lado dos pilotos Andrea Iannone e Aleix Espargaró.

A segunda aparição de Smith do ano virá em Barcelona. As outras serão em Brno, Aragon e Valência.

Bradley Smith, Aprilia Racing Team Gresini

Bradley Smith, Aprilia Racing Team Gresini

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

compartilhar
comentários
Rossi: ano de 2019 da MotoGP pode ser o mais apertado da história

Artigo anterior

Rossi: ano de 2019 da MotoGP pode ser o mais apertado da história

Próximo artigo

GP da Finlândia de MotoGP corre risco após teste adiado

GP da Finlândia de MotoGP corre risco após teste adiado
Carregar comentários