MotoGP: Quartararo se diz “assustado” com baixo potencial de ultrapassagem da Yamaha

Francês quer buscar soluções para sanar déficit de 12 km/h em reta, em comparação com Ducatis

MotoGP: Quartararo se diz “assustado” com baixo potencial de ultrapassagem da Yamaha

Fabio Quartararo admitiu que está “um pouco assustado” com o potencial de ultrapassagem da Yamaha 2021 em Losail, após o dia de abertura do segundo teste de pré-temporada da MotoGP no Catar.

O francês ficou abaixo de Jack Miller da Ducati por míseros 0s080, com a marca já abaixo do recorde da pista. Apesar de também mostrar um forte ritmo em sequência de voltas, Quartararo foi cerca de 12km/h menos  veloz que a Ducati em reta.

Leia também:

E com o desenvolvimento do motor proibido para todos, exceto a Aprilia nesta temporada, a Yamaha não foi capaz de chegar a 2021 com uma unidade mais potente.

“Na verdade, aqui está uma das pistas onde estou um pouco assustado porque ainda temos de consertar alguns problemas com a moto que não me sinto bem, semultrapassar as pessoas”, disse ele quando questionado sobre alguma melhoria que foi feita na. “Precisamos de dar esse passo, porque na reta, infelizmente, se houver uma Ducati aqui, eles vão nos ultrapassar.”

“Precisamos encontrar uma solução para ultrapassá-los e tentar fazer a diferença. Então, olhando para os tempos de volta, [Johann] Zarco e Miller estão na frente, não é fácil, mas não podemos colocar 20 ou mais cavalos de potência no motor.”

“Então, vou apenas fazer o meu melhor e já estamos trabalhando muito. Temos mais dois dias para melhorar isso porque é a área onde precisamos melhorar para dar um passo sobre os outros pilotos.”

O companheiro de equipe, Maverick Viñales acredita que o objetivo da Yamaha nesta temporada é garantir que suas performances de classificação sejam fortes e que ele seja capaz de chegar à frente no início para poder fazer seus próprias traçados.

Ambos os pilotos avaliaram o chassi de 2021 da Yamaha, com Viñales fazendo isso pela primeira vez - embora sinta que tenha que dar mais voltas para compreender melhor.

Quartararo não ficou muito impressionado com isso no último fim de semana, sentindo que não trouxe de volta a mesma sensação que teve com seu quadro preferido de 2019.

Mas seu feedback foi mais positivo nesta quarta-feira, quando perguntado se ele se sentia melhor.

“Acho que estamos na boa direção, mas creio que ainda estamos faltando um pouco”, disse ele. “Estou me sentindo bem porque você não faz 1min53s2 se não estiver se sentindo bem com sua moto.”

“O ritmo também foi ótimo, mas espero dar um passo adiante nesses últimos dois dias. Sinto-me muito bem com a moto, cada vez melhor.”

“Então, eu realmente espero fazer um ou dois décimos no ritmo, será incrível.”

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

FERRARI 2021: Prestes a "IMITAR" motor da MERCEDES, equipe APRESENTA carro de 2021 de olho em 2022

PODCAST: Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Rossi diz que se sente como um "verdadeiro piloto"

Artigo anterior

MotoGP: Rossi diz que se sente como um "verdadeiro piloto"

Próximo artigo

MotoGP: Álex Márquez sofre pequena fratura no pé durante pré-temporada no Catar

MotoGP: Álex Márquez sofre pequena fratura no pé durante pré-temporada no Catar
Carregar comentários