MotoGP- Raul Fernandez assina com a KTM e estreará na MotoGP em 2022

Espanhol Raúl Fernandez é novato na Moto2 e vice-líder do campeonato, atrás do colega de equipe Remy Gardner; ambos pilotos estarão na MotoGP ano que vem

MotoGP- Raul Fernandez assina com a KTM e estreará na MotoGP em 2022

KTM confirmou que contratou a estrela da Moto2 Raúl Fernandez para correr na próxima temporada da MotoGP pela Tech3. Com o anúncio, a equipe fecha os seus assentos para 2022. Fernandez será promovido da Ajo, equipe apoiada pela KTM, fazendo somente um ano de Moto2.

O piloto de 20 anos causou um impacto imediato na Moto2 pilotando a Ajo KTM, ganhando três corridas e disputando o título com o companheiro de equipe Remy Gardner, que está 31 pontos na sua frente após nove corridas.

Leia também:

Antes do GP da Holanda em junho, o Autosport noticiou que a parceria entre o piloto e a KTM. Fernandez era a escolha número da Petronas Yamaha SRT para 2022. O atual contrato do espanhol com a KTM possui uma cláusula de meio milhão de euros de multa e a SRT admitiu ao Autosport que não interferiria na relação entre Fernandez e a KTM. Apesar de não informarem a duração do contrato, é esperado que a parceria seja de dois anos.

"Eu estou bem feliz com essa oportundiade que a KTM me deu, tanto para esse ano quanto para o próximo", disse Fernandez.

"Eu estou aprendendo bastante e me divertindo na Moto2, fui capaz de chegar em uma posição em que tenho a chance de entrar na MotoGP e isso me deixa muito grato. É o sonho de qualquer piloto chegar na categoria."

"Neste momento, a coisa mais importante é me manter focado neste temporada e dar tudo que eu tenho até a última corrida e lutar pelo campeonato. Se não der certo, tudo bem. Tudo acontece por uma razão e temos que olhar o lado positivo."

"Eu sou um rookie neste ano e quero fechar esse capítulo e começar um novo para 2022, onde eu vou atrás de me sentir bem na moto e, acima de tudo, busco me divertir."

Fernandez será colega de equipe de Gardner, novamente, na Tech3 para o próximo ano. O australiano foi confirmado na equipe em junho. Enquanto isso, a equipe de fábrica da KTM será liderada por Brad Binder, com contrato até o fim de 2024, e Miguel Oliveira.

Além de Raúl Fernandez, Maverick Viñales e Joan Mir são os outros pilotos que foram promovidos para a MotoGP com apenas uma temporada na Moto2.

Remy Gardner, Red Bull KTM Ajo, Raul Fernandez, Red Bull KTM Ajo

Remy Gardner, Red Bull KTM Ajo, Raul Fernandez, Red Bull KTM Ajo

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

 

compartilhar
comentários
MotoGP- Quartararo: "não vou me matar forçando o ritmo na chuva"
Artigo anterior

MotoGP- Quartararo: "não vou me matar forçando o ritmo na chuva"

Próximo artigo

MotoGP- Rossi elogia Pedrosa pelo "impressionante" retorno à categoria

MotoGP- Rossi elogia Pedrosa pelo "impressionante" retorno à categoria
Carregar comentários