F1: Ecclestone diz que Hamilton não foi roubado e aconselha Mercedes a desistir de recurso

Ex-mandatário da categoria afirmou que heptacampeão se livrou de uma punição por escapar da pista na primeira volta

F1: Ecclestone diz que Hamilton não foi roubado e aconselha Mercedes a desistir de recurso
Carregar reprodutor de áudio

O ex-chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, não considera como algo justificado as reclamações da Mercedes de que a FIA teria deliberadamente privado Lewis Hamilton de um inédito octacampeonato mundial durante o GP de Abu Dhabi.

Como já é bem conhecido, a F1 2021 terminou de modo dramático após a batida de Nicholas Latifi mudar os rumos da corrida. Com relargada para apenas uma volta e pneus novos, Max Verstappen passou Hamilton para vencer e conquistar o título.

Leia também:

Imediatamente após o GP, a Mercedes protocolou dois protestos, que foram rejeitados pelos comissários. Por isso, a equipe entrou ainda com a intenção de recurso, que pode levar o caso aos tribunais.

Mas Ecclestone não entende o comportamento da montadora alemã, e pensa que Hamilton teve ainda muita sorte no começo da corrida, ao não ser penalizado por escapar da pista.

"A alegação de roubo é uma impossibilidade total", disse o britânico à Sky. "Ele saiu da pista na primeira volta e depois voltou, enquanto Verstappen permaneceu na pista e não fez absolutamente nada de errado".

"Lewis não foi punido por isso, então ele não pode reclamar muito. Essas coisas sempre acontecem no esporte".

Bernie ainda defendeu Michael Masi sobre o procedimento adotado para a relargada, tópico de um dos protestos da Mercedes.

"O diretor de prova não deve ser culpado por fazer exatamente o que era certo".

"Gostaria de saber quem estaria manipulando e seria esperto o suficiente para fazer isso. Foi apenas um conjunto de circunstâncias que aconteceram e encerraram um campeonato incrível, que tenho certeza que todos ficaram felizes em assistir".

O ex-comandante da F1 ainda alertou a Mercedes que seria um erro continuar com o protesto: "Acho que seria o pior que poderiam fazer. Fica parecendo que são péssimos perdedores. Essas coisas acontecem o tempo todo no esporte".

RETA FINAL: Hamilton vê vitória de Verstappen manipulada e Mercedes pode desistir de apelo

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #151: Hamilton x Verstappen é a maior decisão da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Após título de Verstappen, Horner promete fornecimento vitalício de Red Bull a Latifi
Artigo anterior

F1: Após título de Verstappen, Horner promete fornecimento vitalício de Red Bull a Latifi

Próximo artigo

F1: De Vries lidera primeiro dia de testes em Abu Dhabi; Ricciardo é o mais rápido entre carros com pneus de 2022

F1: De Vries lidera primeiro dia de testes em Abu Dhabi; Ricciardo é o mais rápido entre carros com pneus de 2022
Carregar comentários