Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Corrida em
06 Horas
:
37 Minutos
:
05 Segundos
R
GP da Estíria
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
3 dias
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
10 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
31 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
52 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
59 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
80 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
108 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
115 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
129 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
143 dias

Hamilton diz que usar o # 1 "não significa nada"

compartilhar
comentários
Hamilton diz que usar o # 1 "não significa nada"
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
23 de nov de 2018 18:36

Lewis Hamilton explicou por que correu com o número um em seu carro no primeiro treino livre do GP de Abu Dhabi, mesmo não tendo gostado

O campeão da Fórmula 1 não usa o # 1 desde que as regras da F1 foram alteradas em 2014 para permitir que os pilotos escolhessem os números de seus carros.

No entanto, Lewis Hamilton recebeu autorização especial para substituir o # 44 na frente de seu carro pelo # 1 em Abu Dhabi, que usou no primeiro treino livre antes de voltar ao seu número original na segunda sessão.

"Eu pessoalmente não gosto disso, eu não gosto nada disso", disse Hamilton. “Foi apenas para uma sessão, isso não significa nada.”

“A razão pela qual fiz isso é porque estou aqui há seis anos e desde que fomos campeões mundiais [em 2014, 15, 17, 18], nunca tivemos o número um no carro e eu pensei que seria legal.”

“Eu me lembro quando a McLaren ficou com o número um quando Jenson [Button] ganhou o título mundial e ele se mudou [da Brawn] e o trouxe com ele.”

"É estranho que a McLaren pudesse ter o número um - o próximo time pode, onde quer que você vá."

Jenson Button, McLaren MP4-25

Jenson Button, McLaren MP4-25

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Hamilton disse que parte de sua motivação para usar o número como algo único foram os membros da equipe Mercedes.

"Eu me lembro dos engenheiros, ou dos mecânicos, me perguntando em qual estágio eu faria isso", completou.

“Eu pensei que seria legal tê-lo no carro para uma sessão, então pelo menos ele vão ter uma foto em algum lugar que eles possam estar realmente orgulhosos de que nós fomos o número um.”

"O 44 é meu número especial e, na verdade, todos na equipe estavam me dizendo que, quando estiverem viajando, verão um ônibus número 44 e verão um voo ou um assento 44.”

"Está se tornando parte de suas vidas, o que é ótimo porque é exatamente assim comigo."

Próximo artigo
Vettel: "Ainda não somos rápidos o suficiente"

Artigo anterior

Vettel: "Ainda não somos rápidos o suficiente"

Próximo artigo

Desempenho da sexta-feira deixa Verstappen "surpreso"

Desempenho da sexta-feira deixa Verstappen "surpreso"
Carregar comentários