Leclerc termina namoro de longa data para se concentrar na F1

Monegasco namorava italiana fã da Ferrari desde 2015

Leclerc termina namoro de longa data para se concentrar na F1
Carregar reprodutor de áudio

Após uma sequência de bons resultados na Fórmula 1, Charles Leclerc decidiu encerrar seu relacionamento com a italiana Giada Gianni, com quem estava junto desde janeiro de 2015, quando ainda corria nas categorias de entrada do esporte a motor.

Leia também:

A jovem de 21 anos divulgou um vídeo em sua conta no Instagram revelando que foi o monegasco quem tomou a decisão de encerrar o namoro: "Charles me deixou. Ele quer se dedicar exclusivamente à Ferrari".

Quer assistir F2, F3 e Indy de graça? Se inscreva no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Quem é Giada Gianni

Apesar de ativa nas redes sociais, Gianni sempre manteve um perfil discreto e o pouco que se sabe sobre ela vem de uma entrevista que deu ao jornal Gazette de Monaco em maio deste ano.

Giada Gianni, ex-namorada de Charles Leclerc

Giada Gianni, ex-namorada de Charles Leclerc

Photo by: Divulgacao

Ela é nascida em Nápoles, na Itália, mas desde jovem mora no principado. Foi ginasta na juventude e é apaixonada por automobilismo, em especial pela Ferrari. Gianni chegou a se envolver na organização do GP de Mônaco de 2018 como voluntária, quando começou a estudar contabilidade.

Na entrevista, a jovem destacou sua paixão pela Ferrari e lembrou de momentos especiais:

"Meu avô e meu pai eram fãs da escuderia, que é uma lenda na Itália. Todo domingo de GP ficávamos em frente à televisão. Lembro-me de uma vez em que toda a família se reuniu em Nápoles. Foi quando Rubens Barrichello esteve na Ferrari“, contou a jovem.

Leclerc tem carreira meteórica

O monegasco, assim como a esmagadora maioria dos pilotos, começou a carreira pilotando no kart. Depois de deixar a categoria, o jovem passou por Fórmula Renault, F3, GP3 e F2, sempre terminando as temporadas entre os quatro melhores. Veja imagens da carreira do prodígio da Ferrari:

Primórdios da carreira: kart
Primórdios da carreira: kart
1/15
Leclerc foi campeão no Mundial CIK-FIA KF3 em 2011, divisão júnior da categoria. Mais tarde, ele foi vice-campeão no CIK-FIA World KZ, perdendo o título para ninguém menos que Max Verstappen.

Foto de: CIK/KSP

Forte amizade com Bianchi
Forte amizade com Bianchi
2/15
Jules Bianchi e Charles Leclerc eram amigos desde a infância. O monegasco viu o amigo sofrer um acidente no GP do Japão de 2014 que resultou na morte do francês. Um duro golpe para o jovem piloto.
2014 - Fórmula Renault 2.0
2014 - Fórmula Renault 2.0
3/15
Naquela temporada o monegasco disputou a 2.0 Alpes, onde foi vice campeão, e ainda fez algumas provas na Eurocup 2.0. Correu pela Fortec em ambas.

Foto de: DPPI

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
4/15
Charles Leclerc foi quarto colocado no campeonado e vice-campeão na importante corrida realizada anualmente na Ásia. Neste ano ele pilotou pela Van Amersfoort.

Foto de: Jun Qian

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
5/15
Leclerc foi o melhor entre os pilotos que ficaram atrás das 'gigantes da base', Prema e Carlin. O campeonato foi vencido por Felix Rosenqvist e Antonio Giovinazzi foi o vice.

Foto de: FIA F3 / Suer

2016 - Campeão da GP3
2016 - Campeão da GP3
6/15
O monegasco disputou seu primeiro campeonato por uma das equipes dominantes das categorias inferiores, faturando o título depois de bater o rival Alexander Albon no campeonato.

Foto de: GP3 Series Media Service

2017 - Título na Fórmula 2
2017 - Título na Fórmula 2
7/15
Pilotando pela Prema, já de olho na F1, Leclerc venceu o campeonato da F2 com sete vitórias e oito poles em 22 corridas. Naquele ano, Leclerc sofreu outro duro golpe da vida, a perda do pai, que faleceu pouco antes da conquista do título.

Foto de: FIA Formula 2

2017 - Título na Fórmula 2
2017 - Título na Fórmula 2
8/15
Ao fim da temporada, Leclerc foi procurado pela Sauber, que já estava sob influência da Ferrari/ Alfa Romeo, que apoiavam a carreira do piloto.

Foto de: GP3 Series Media Service

2018 - Destaques na Sauber
2018 - Destaques na Sauber
9/15
Leclerc sofreu para se encontrar logo no início da temporada de estreia na F1, mas no GP de Baku, no Azerbaijão, o piloto se encontrou e alcançou um sexto lugar, dando início a uma temporada de destaque.

Foto de: Sutton Motorsport Images

2018 - Destaques na Sauber
2018 - Destaques na Sauber
10/15
Depois de pontuar dez vezes no ano, Leclerc terminou o ano com 39 pontos, contra 9 de Marcus Ericsson, o que lhe garantiu uma oferta para dar um salto na carreira ao assinar com a Ferrari.

Foto de: Lionel Ng / Motorsport Images

2019 - Início de uma era na Ferrari
2019 - Início de uma era na Ferrari
11/15
Logo em sua segunda corrida pela equipe italiana, o jovem Leclerc mostrou a que veio, conquistando a pole e liderando boa parte da corrida. Nas últimas voltas, uma falha no motor da Ferrari fez o monegasco cair para a terceira posição, seu primeiro pódio.

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
12/15
Leclerc dominou o companheiro, Sebastian Vettel, e os demais rivais para faturar a primeira vitória de sua carreira. No entanto, o acidente fatal de Anthoine Hubert na F2 no dia anteior à corrida, acabou trazendo um clima pesado ao fim de semana.

Foto de: Erik Junius

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
13/15
Leclerc, que era próximo de Hubert, dedicou a vitória ao amigo.

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

2019 - Consagração em frente aos Tifosi
2019 - Consagração em frente aos Tifosi
14/15
Em Monza, Leclerc conquistou o maior feito de sua carreira até aqui. Fez a pole, segurou os ataques do pentacampeão Lewis Hamilton ao longo da corrida e venceu em frente a legião de fãs da Ferrari.

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

2019 - Consagração em frente aos Tifosi
2019 - Consagração em frente aos Tifosi
15/15
A vitória na Itália, casa da Ferrari, elevou Leclerc ao patamar de ídolo para os fãs da marca e entusiastas da Fórmula 1.

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Siga o Motorsport.com Brasil no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube

compartilhar
comentários
Com estratégia equivocada da Ferrari, Vettel mostrou seu lado mais "oportunista"
Artigo anterior

Com estratégia equivocada da Ferrari, Vettel mostrou seu lado mais "oportunista"

Próximo artigo

O preço da maior dinastia da F1: Mercedes revela balanço financeiro de 2018

O preço da maior dinastia da F1: Mercedes revela balanço financeiro de 2018
Carregar comentários