Ricciardo: progresso da Renault não cria arrependimento com ida à McLaren

compartilhar
comentários
Ricciardo: progresso da Renault não cria arrependimento com ida à McLaren
Por:

Australiano disse que vai dar o seu melhor com a Renault até o último dia e espera que equipe francesa faça McLaren seguir evoluindo

Depois de um 2019 abaixo do esperado, a Renault deu passos adiante em relação ao grid da Fórmula 1 em 2020, se colocando inclusive em condições de lutar pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores. Mas, para Daniel Ricciardo, a boa forma de sua equipe no momento não cria arrependimentos por ter assinado com a McLaren no primeiro semestre.

Como parte do efeito dominó no mercado de pilotos que aconteceu após a confirmação da saída de Sebastian Vettel da Ferrari, Ricciardo assinou com a McLaren para substituir Carlos Sainz. A decisão do australiano de sair da Renault antes mesmo de andar com o carro de 2020 deixou o chefe da equipe, Cyril Abiteboul, desapontado por um tempo.

Leia também:

Desde então, a Renault obteve uma melhora com o carro, especialmente desde o GP da Bélgica e, no momento, está apenas sete pontos atrás da McLaren em uma luta acirrada pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores junto com a Racing Point.

E apesar de saber que a boa forma da Renault deixou algo na cabeça de Ricciardo, o australiano defende que está feliz com a decisão tomada.

"Falo isso com todo o respeito à Renault, onde estou hoje, mas não me arrependo. Estou feliz por ver a nossa progressão? Absolutamente. Se isso significa que levará a McLaren a evoluir ainda mais, acho que é bom para todos. Então, não me arrependo".

"Mas também não estou infeliz com o progresso. Quero estar andando na frente e, obviamente, cada corrida na F1 é importante. Então, cada chance que eu tiver para acelerar esse processo, melhor".

"Estou feliz que estamos progredindo e sinto que sou parte disso, o que é muito importante para mim, crescendo também como piloto".

Após um primeiro momento turbulento, Ricciardo e a Renault não deixaram a mudança impactar o trabalho deste ano, e a equipe continua sendo aberta com as discussões técnicas. Foi uma decisão deles receber o piloto, que ainda busca um pódio em 2020.

"A equipe ainda não me isolou de nada. Estou fazendo trabalho de simulador e tudo, tem sido ótimo trabalhar com eles. Mas ainda deixa aquele gosto amargo na boca, especialmente para algumas pessoas que sabem que não vou continuar com eles. Mas vou dar o meu melhor até o fim".

Alonso é TAXATIVO sobre seus rivais Hamilson e Schumacher e "se compara" a algoz Vettel; veja

PODCAST: Kimi Raikkonen, 'apenas' um grande personagem ou um verdadeiro campeão?

 

Alonso acredita ser um dos pilotos mais completos da F1: "Tiro nove em todos os quesitos"

Artigo anterior

Alonso acredita ser um dos pilotos mais completos da F1: "Tiro nove em todos os quesitos"

Próximo artigo

F1: Marko diz que Red Bull considera "todas as opções" para futuro sem Honda

F1: Marko diz que Red Bull considera "todas as opções" para futuro sem Honda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Autor Jonathan Noble