Sainz: levar bronca pública dos chefes da Red Bull foi duro

Espanhol minimiza polêmica sobre sua situação para o futuro e garante que ida ao time principal da Red Bull segue sendo sua única meta

Sainz: levar bronca pública dos chefes da Red Bull foi duro
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12

Carlos Sainz afirmou que não gostou da sensação de ver seus chefes na Red Bull Christian Horner e Helmut Marko irem contra ele na recente confusão referente ao seu futuro na F1.

O piloto da Toro Rosso disse, antes do GP da Áustria, que não esperava ficar na Toro Rosso por um quarto ano, o que fez com que Marko aconselhasse o espanhol para “não morder a mão que o alimenta.”

Horner, em seguida, revelou que a Red Bull havia decidido por acionar a opção contratual para manter Sainz na Toro Rosso em 2018. Sainz, então, esclareceu a situação com seus chefes para deixar o incidente para trás.

Contudo, em conversa com o site oficial da F1, o espanhol afirmou que seus comentários eram um simples caso de “ambição pura”.

“Eu tenho minha opinião e a expressei naquele momento. Talvez eu pudesse ter usado palavras diferentes. Ver Helmut e Christian contra mim não foi algo de que gostei, mas às vezes acontece em uma carreira na F1”, disse Sainz.

“Da minha parte não há nada além de ambição pura, e, às vezes, no calor do momento, você diz algumas coisas. Mas para mim é isso. Tenho metas e objetivos. Isso já deveria ter acabado, então vamos virar a página.”

Enquanto Horner disse que os atuais pilotos da Red Bull, Daniel Ricciardo e Max Verstappen, não estão à venda, ele afirmou que poderia negociar Sainz caso houvesse uma oferta com valor significativo.

Contudo, a meta de Sainz segue sendo em tentar uma promoção à Red Bull. “É a minha única meta – me tornar piloto da Red Bull no futuro. É isso que quero e é isso que já disse umas 100 vezes antes.”

“E, se uma resposta no calor do momento fez com que as coisas fugissem do controle, isso é reflexo dos tempos modernos.”

compartilhar
comentários
McLaren promete “fazer de tudo” para manter Alonso em 2018
Artigo anterior

McLaren promete “fazer de tudo” para manter Alonso em 2018

Próximo artigo

Hamilton parabeniza “irmão” Neymar por transferência ao PSG

Hamilton parabeniza “irmão” Neymar por transferência ao PSG
Carregar comentários