Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
58 dias
06 mai
Próximo evento em
100 dias
20 mai
Próximo evento em
114 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
128 dias
10 jun
Próximo evento em
135 dias
24 jun
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
170 dias
29 jul
Próximo evento em
184 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
212 dias
02 set
Próximo evento em
219 dias
09 set
Próximo evento em
226 dias
23 set
Próximo evento em
240 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
247 dias
07 out
Próximo evento em
254 dias
21 out
Próximo evento em
268 dias
28 out
Próximo evento em
275 dias
05 nov
Próximo evento em
283 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
296 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
311 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
320 dias

Saúde deve afastar Marchionne da presidência da Ferrari

compartilhar
comentários
Saúde deve afastar Marchionne da presidência da Ferrari
Por:

Após complicações pós-cirurgia no ombro, italiano não deverá voltar mais ao comando da Fiat e da Ferrari

O presidente da Ferrari e CEO da Fiat, Sergio Marchionne, pode deixar o cargo mais cedo do que o esperado, com a diretoria da montadora italiana discutindo um sucessor para ele neste sábado.

Marchionne deveria se demitir no final deste ano, mas problemas médicos causados por uma recente operação no ombro parecem ter acelerado a movimentação da Fiat para sua substituição.

Um relato do respeitado site Automotive News Europe, citando fontes familiarizadas com a situação, disse que o conselho foi convocado no sábado para discutir a sucessão de Marchionne.

Em termos de seu papel na Fiat, quatro candidatos surgem: Alfredo Altavilla (gerente do grupo EMEA), Richard Palmer (diretor financeiro), Pietro Gorlier (CEO da Magneti Marelli) e Mike Manley (chefe da marca Jeep).

Para a Ferrari, o favorito para substituir Marchionne como CEO é o membro do conselho da Ferrari e ex-presidente da Philip Morris, Louis Carey Camilleri, com John Elkann vinculado ao cargo de presidente da Ferrari.

A Fiat e a Ferrari se recusaram a comentar os relatos.

Uma saída antecipada da Ferrari para Marchionne teria um grande impacto na equipe, porque ele tem sido a força motriz para impulsioná-la nos últimos anos – além de ajudar a trazer o nome Alfa Romeo de volta para a F1.

Marchionne também desempenhou um papel fundamental nas discussões sobre as regras de 2021, tendo ameaçado tirar a Ferrari da F1 se ele sentir que o esporte está em uma direção que não combina com a montadora italiana.

Reportagem adicional por Franco Nugnes

Sirotkin: Nova asa da Williams foi “passo na direção certa”

Artigo anterior

Sirotkin: Nova asa da Williams foi “passo na direção certa”

Próximo artigo

Leclerc lidera TL3 chuvoso com apenas 9 marcando tempo

Leclerc lidera TL3 chuvoso com apenas 9 marcando tempo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari
Autor Jonathan Noble