MotoGP
15 out
Evento encerrado
18 out
Evento encerrado
25 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
08 nov
Evento encerrado
22 nov
Evento encerrado

MotoGP: Honda atualiza situação de Márquez após rumores de terceira cirurgia

compartilhar
comentários
MotoGP: Honda atualiza situação de Márquez após rumores de terceira cirurgia
Por:

A montadora japonesa deu uma atualização sobre a situação do hexacampeão, mas não falou nada sobre uma possível data de retorno

A Honda anunciou nesta quarta-feira (21), que a recuperação do hexacampeão da MotoGP Marc Márquez após uma fratura no braço "segue conforme o planejado", descartando os rumores de uma terceira cirurgia para o espanhol.

Márquez quebrou seu braço direito em uma forte queda durante o GP da Espanha, etapa de abertura da temporada 2020 em Jerez, no mês de julho.

Leia também:

Ele tentou voltar ao grid já na semana seguinte no GP da Andaluzia, segunda prova em Jerez, apenas dias após uma cirurgia, mas abandonou na classificação quando começou a notar um inchaço no braço.

Márquez ainda precisou de uma segunda cirurgia dias depois quando a placa de titânio que fixava seu osso quebrou quando, segundo ele, tentava abrir uma janela em casa. Em agosto, a Honda confirmou que ele ficaria fora por pelo menos dois meses, podendo voltar nas etapas finais da temporada ou apenas em 2021 dependendo de sua recuperação.

Mas reportagens da imprensa espanhola nessa semana afirmavam que o hexacampeão poderia passar por uma terceira operação, mas a Honda veio a público rechaçar esses rumores.

"A equipe Repsol Honda gostaria de confirmar que a recuperação de Marc Márquez seuge conforme o planejado. Enquanto é esperado uma recuperação longa e intensa, Marc e os membros da equipe não têm o que se preocupar".

Minutos antes da divulgação deste comunicado, Márquez postou nas suas redes sociais uma foto do piloto em treinamento, descartando ainda mais a possibilidade da cirurgia.

Com a sua ausência no GP de Aragón, na última semana, Márquez está finalmente fora da disputa pelo título matematicamente, o que significa que 2020 será apenas a segunda temporada que não terá o espanhol como campeão desde a sua chegada à MotoGP, em 2013.

Na ocasião, Márquez sofreu seis quedas ao longo do ano e, apesar de cinco vitórias na temporada, terminou a 90 pontos da disputa entre o campeão Jorge Lorenzo e seu companheiro de Yamaha Valentino Rossi.

Seu irmão e companheiro na equipe oficial da Honda, Álex, conquistou seu primeiro pódio na MotoGP na etapa da França em Le Mans há duas semanas e teve uma performance de destaque em Aragón, saindo de 11º para lutar pela vitória, terminando em 2º.

O piloto de testes Stefan Bradl segue como substituto de Márquez desde o GP da República Tcheca, assumindo novamente a função no GP de Teruel deste fim de semana.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E em uma prova onde adaptação é essencial, a Mercedes e Hamilton podem respirar aliviados: o piloto ou a equipe venceram a edição inaugural das quatro últimas provas novas. Ele venceu em Mugello, Sochi e Austin. Já Rosberg venceu em Baku. Parece uma aposta certa não? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

Prêmios no Motorsport.com? Dê o primeiro passo com cadastro gratuito no ThePlayer.com; saiba mais

Podcast – O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

Quartararo: pressão da luta pelo título da MotoGP recai sobre pilotos de fábrica

Artigo anterior

Quartararo: pressão da luta pelo título da MotoGP recai sobre pilotos de fábrica

Próximo artigo

TV: Confira os horários e como assistir o GP de Teruel da MotoGP, em Aragón

TV: Confira os horários e como assistir o GP de Teruel da MotoGP, em Aragón
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Marc Marquez
Equipes Repsol Honda Team
Autor Lewis Duncan