F1 - Red Bull: "Hamilton também precisará trocar o motor"

Helmut Marko diz ter informações que confirmam a troca de unidade de potência em algum momento do resto da temporada

F1 - Red Bull: "Hamilton também precisará trocar o motor"

Uma das grandes dúvidas na reta final da temporada 2021 da Fórmula 1 é se Lewis Hamilton trocará o motor da Mercedes, largando do fundo do grid assim como Max Verstappen no GP da Rússia. E o consultor da Red Bull, Helmut Marko, diz ter informações que confirmam que o heptacampeão terá que adotar a quarta unidade de potência e pagar a penalização.

A Red Bull tomou a decisão sobre Verstappen para Sochi porque considerava uma pista fácil para ultrapassar, e o holandês conseguiu fazer isso na primeira metade da prova até certo ponto, ficando preso atrás de Fernando Alonso, ocupando a sétima posição após boa evolução.

Leia também:

Mas a chegada da chuva fez a sorte sorrir para a Red Bull. A entrada nos boxes no momento certo o permitiu uma impressionante segunda posição, terminando atrás apenas de seu rival Hamilton.

Agora, segundo Marko, o piloto da Mercedes também precisará de um novo motor para terminar a temporada, o que ajudaria as chances de Verstappen pelo título.

"Espero que nossa informação seja correta: Lewis também precisará de uma troca de motor. E sair de último no grid para chegar no pódio não é algo tão fácil", disse Marko após o GP da Rússia.

O austríaco ainda se mostrou confiante sobre as chances da Red Bull: "Os próximos circuitos nos favorecem, especialmente pela altitude do México e do Brasil. Agora temos que voltar a vencer. Nos sentimos suficientemente fortes e atacaremos de novo".

Ainda que o chefe da Mercedes, Toto Wolff, siga insistindo que uma troca de motor de Hamilton não está prevista, a situação não parece das mais tranquilas. Valtteri Bottas foi forçado a colocar novas partes da unidade de potência em Sochi e, por mais que não tenha sido por isso, rumores surgiram de que a troca foi realizada para cobrir Verstappen.

"Não, aconteceu porque precisávamos fazer", disse Bottas após a corrida. "Do contrário, havia uma chance grande de não terminar a corrida. Tivemos bastante problemas e obviamente se convertia em um inconveniente".

Os problemas não afetaram apenas a Mercedes, já que Nicholas Latifi, que usa motores alemães na Williams, também se viu obrigado a entrar no quarto motor do ano em Sochi.

RETA FINAL: Tom entre Mercedes e Red Bull ainda mais agressivo, McLaren perdida e 100 vezes Hamilton

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #133: O que poderia ser melhorado no documentário sobre Schumacher?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes e Hamilton "preservam" motor por incertezas com confiabilidade
Artigo anterior

F1: Mercedes e Hamilton "preservam" motor por incertezas com confiabilidade

Próximo artigo

F1: Mercedes e Red Bull seguem ajustes opostos com disputa pelo título se intensificando

F1: Mercedes e Red Bull seguem ajustes opostos com disputa pelo título se intensificando
Carregar comentários