Mercedes admite que considera Alonso para lugar de Rosberg

Time alemão diz querer encontrar outro piloto numero um para fazer dupla com Lewis Hamilton

Mercedes admite que considera Alonso para lugar de Rosberg
Fernando Alonso, McLaren
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Jenson Button and Fernando Alonso, McLaren on the grid.
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Carregar reprodutor de áudio

Após a chocante notícia da aposentadoria de Nico Rosberg, a Mercedes está tendo um fim de ano dos mais atribulados. O melhor time da Fórmula 1 nas três últimas temporadas precisa de um substituto para o campeão do mundo, e para isso considera vários nomes.

Um deles é o do bicampeão Fernando Alonso, da McLaren. Chefe da equipe, Toto Wolff reconheceu seu interesse nos serviços do espanhol.

“Você tem que considerar Fernando", disse Wolff à Sky em entrevista. "Ele é um piloto que eu respeito muito.”

"Ele combina o talento, a velocidade, a experiência, tudo está lá. Mas ele está sob contrato com a McLaren-Honda no momento. Precisamos pesar todas as outras opções."

Caso de 2007 joga contra

Porém, enquanto Alonso tica todas as caixas de alguém que traz resultados, entende-se que existam partes dentro da Mercedes com reservas sobre o seu nome.

O potencial para um relacionamento conturbado com Lewis Hamilton é claro após a temporada de 2007. A Mercedes ainda está consciente dos danos à sua reputação causados pelo envolvimento de Alonso no escândalo Spygate daquele ano na McLaren. A equipe foi multada por 100 milhões de dólares.

Embora Alonso não tenha sido excluído publicamente, acredita-se que os principais candidatos para o assento permaneçam sendo o piloto júnior da Mercedes, Pascal Wehrlein, e Valtteri Bottas – dependendo de um acordo da Williams com a Mercedes.

Sem número dois

Uma coisa sobre a qual Wolff está claro é que a equipe está a procura de alguém que ande igualmente Hamilton, ao invés de um piloto número dois para que ele apenas ande atrás de Hamilton.

Na entrevista à Sky, Wolff acrescentou: "Nós vamos manter um sistema como o que temos. Teremos sempre o mesmo status para ambos os pilotos. Vamos dar a eles oportunidades iguais, o melhor que pudermos. Acho que nós devemos isso aos fãs e devemos a nós mesmos. Você não pode ter uma ordem conhecida desde o início.”

"Não é o que gostaríamos de ver acontecer."

compartilhar
comentários
Carlos Slim descarta Pérez no lugar de Rosberg
Artigo anterior

Carlos Slim descarta Pérez no lugar de Rosberg

Próximo artigo

Aston Martin estende acordo com Red Bull na F1

Aston Martin estende acordo com Red Bull na F1
Carregar comentários