Fórmula E mira prova em Portugal em meio ao sucesso de Félix da Costa

compartilhar
comentários
Fórmula E mira prova em Portugal em meio ao sucesso de Félix da Costa
Por:
Co-autor: Luke Smith, Editor

Piloto português fez exibição em Lisboa com carro que lhe rendeu título da temporada 2019-20

Nesta semana, o atual campeão da Fórmula E, António Félix da Costa, fez uma exibição da categoria em Portugal com o carro da Techeetah pelas ruas de Lisboa e a categoria aproveitou o momento para comentar sobre como o bom momento do piloto e do país no esporte e seria ideal para viabilizar uma corrida em solo lusitano.

Da Costa pilotou o DS E-Tense FE20, que garantiu o bicampeonato consecutivo de construtores para a equipe por quase 20 quilômetros como parte do Roadshow de Lisboa.

Leia também:

A exibição da F-E vem apenas uma semana antes do retorno do GP de Portugal, com o Circuito Internacional do Algarve em Portimão sediando a primeira prova da F1 no país desde 1996, quando Jacques Villeneuve venceu no Estoril.

A demonstração é mais um exemplo do interesse da categoria em realizar uma prova no país aproveitando o sucesso recente de Da Costa.

A possibilidade foi apoiada pelo cofundador da F-E, Alberto Longo: "Desde que António foi coroado campeão da Fórmula E em agosto, tem sido fantástico ver o grande apoio de seu país, celebrando e reconhecendo sua grande conquista".

"Ele merece o título e é um brilhante embaixador da Fórmula E e do esporte a motor como um todo".

"Portugal é um mercado interessante para nós e queremos explorá-lo, especialmente após ver a exibição de António hoje, que nos deu uma demonstração do que seria correr em casa, diante de seus fãs".

No mês passado, Da Costa recebeu o título de Comendador da Ordem do Mérito pelo presidente português Marcelo Rebelo de Sousa por seu sucesso no esporte. Ele se junta a outros nomes do esporte como Cristiano Ronaldo, que foi condecorado após o título da Eurocopa de 2016.

Após a cerimônia de condecoração de Da Costa no Palácio Presidencial em Belém, no mesmo distrito onde ele andou com o carro da F-E, o piloto, de 28 anos, falou sobre seu desejo de correr com a categoria em Portugal.

"Eu quero fazer com que isso vire verdade. Lisboa está na boca do mundo do esporte a motor, e poder correr aqui seria incrível, especialmente agora que estamos ganhando campeonatos".

Antonio Felix da Costa, Red Bull RB9 Renault

Antonio Felix da Costa, Red Bull RB9 Renault

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Chefe da Red Bull, Horner gostaria de ter visto Da Costa na F1

Da Costa subiu nas categorias de acesso como membro da Academia da Red Bull, e chegou a andar com carros da F1 em testes com a Force India e a Red Bull entre 2010 e 2013. Ele terminou em terceiro na F. Renault 3.5 em 2013 e havia sido informado que teria uma vaga na Toro Rosso no ano seguinte, mas ela acabou indo a Daniil Kvyat, campeão da GP3.

Outros pilotos que passaram pela Red Bull tiveram sucesso em outras categorias, como o bicampeão da F-E Jean-Éric Vergne e o também campeão da F-E e vencedor das 24 Horas de le Mans Sébastien Buemi.

Perguntado se havia algum piloto que ele se arrependia de não ter assinado para a Red Bull na F1, Horner disse que seria interessante ver o que Da Costa teria conquistado na F1.

"Acho ótimo que a Red Bull deu a chance a tantos pilotos por aí. Seja Vergne, Da Costa, Buemi, muitos pilotos não teriam oportunidades se não fosse o apoio da Red Bull no início de suas carreiras".

"Mas não acho que tenho arrependimentos. Os melhores acabam subindo para o topo. Acho que teria sido interessante ver o que Da Costa poderia fazer com um F1, mas a oportunidade nunca apareceu".

Após perder a vaga na Toro Rosso, Da Costa foi para o DTM em 2014 com a BMW, correndo também na temporada inaugural da F-E com a Amlin Aguri.

Da Costa cortou relações com a Red Bull no final de 2015 após servir como piloto reserva na F1, se juntando inicialmente com a Andretti na F-E antes da evolução da equipe como oficial da BMW. 

A mudança para a Techeetah na temporada 2019-20 da F-E levou ao título de Da Costa, marcando sua primeira conquista em uma categoria de ponta. O português também terminou em segundo em sua classe nas 24 Horas de Le Mans de 2020, correndo pela Jota Sport na LMP2 ao lado de Anthony Davidson e Roberto González.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

VÍDEO: As 5 maiores tretas entre campeões da F1

PODCAST: Recordes de Hamilton e Schumacher são comparáveis?

 

Fórmula E: Nato substituirá Massa na Venturi ao lado de Mortara

Artigo anterior

Fórmula E: Nato substituirá Massa na Venturi ao lado de Mortara

Próximo artigo

Fórmula E adia provas no México e na China e acrescenta rodada dupla no Chile

Fórmula E adia provas no México e na China e acrescenta rodada dupla no Chile
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Pilotos Antonio Felix da Costa
Equipes Techeetah
Autor Matt Kew