Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: veja como a Mercedes está tentando recuperar o terreno 'perdido para a Red Bull'

Conceito de rake baixo da equipe alemã foi mais atingido pelas mudanças no regulamento técnico da categoria para este ano

Análise técnica: veja como a Mercedes está tentando recuperar o terreno 'perdido para a Red Bull'

Lewis Hamilton pode ter conquistado a vitória na etapa de abertura da temporada da Fórmula 1 de 2021, mas está claro que a Mercedes sente que está perdendo o controle por causa dos novos regulamentos.

Essas mudanças nas regras aerodinâmicas parecem ter afetado mais os carros com baixo rake. Então, vamos dar uma olhada no que a equipe alemã fez em resposta aos desafios que lhe foram lançados e entender por que ela pode estar sofrendo mais do que suas rivais.

Leia também:

Assoalho agressivo

Parecia que a Mercedes tinha algumas das soluções mais maduras do grid quando revelou o novo assoalho de seu W12 durante os testes de pré-temporada. Aqui estão os detalhes.

Mercedes AMG F1 W12 floor

Mercedes AMG F1 W12 floor

Photo by: Giorgio Piola

  1. Para que parte do fluxo de ar do lado superior e inferior do assoalho convirja em taxas diferentes, a Mercedes adicionou uma série de seções de ondas cada vez menores para este ano. Isso deve ajudar a mitigar algumas das perdas associadas às mudanças de regulamentação que impedem o uso de ranhuras e orifícios totalmente fechados no assoalho.

  2. Enquanto os regulamentos exigem que o assoalho se afunde em direção ao pneu traseiro, a Mercedes, como várias equipes, optou por abrir mão de parte do espaço disponível no assoalho e criar um recorte adicional. Isso cria um recorte em forma de 'Z' por meio do qual uma seção do assoalho é retornada a uma borda paralela antes de afunilar novamente à frente do pneu. No caso do time alemão, a seção paralela é bastante curta, se comparada com o Red Bull, por exemplo.

  3. À frente do pneu traseiro, a Mercedes tem uma série de soluções, incluindo uma coleção de aletas anguladas externamente que foram encaixadas para tentar reforçar um efeito aerodinâmico. Eles têm três barras de diferentes formas e comprimentos internos que procuram direcionar o fluxo entre a borda do difusor e a lateral do pneu. Então, de forma bem diferente de todos os outros do grid, seu assoalho é inclinado para cima em direção à borda de fuga, onde uma aba Gurney foi aplicada na parte inferior do assoalho.

  4. A Mercedes fez um esforço considerável para aumentar o tamanho dessa via de fluxo na região da carenagem semelhante a uma garrafa, com a forma dos sidepods alterada para elevar a saída de resfriamento. Enquanto isso, ele também reformulou a forma do assoalho para que ele desça sob a caixa de câmbio e a estrutura de impacto, abrindo ainda mais espaço para o fluxo de ar.

Mesmo com essas mudanças extensas, é claro que o W12 não era tão estável sob algumas condições quanto os pilotos gostariam, o que significa que ainda tem muito que trabalhar pelo resto da temporada.

E, com a Mercedes parecendo ter trabalhado mais duro do que alguns de seus concorrentes para recuperar perdas com os detalhes de design de seu assoalho, você tem que olhar para o impacto de algumas das outras mudanças no regulamento de 2021 para tentar entender onde está perdendo.

2021 brakes fins rule
Diffuser Rules 2021

As aletas montadas na metade inferior da cerca do duto de freio são 40mm mais estreitas em 2021. Isso pode não parecer grande coisa, já que todos sofrem com o mesmo, mas há uma diferença quanto ao local onde essas aletas se alinham em relação ao assoalho à frente , dependendo do ângulo de inclinação do carro.

Como tal, os dois grupos as teriam usado de maneira diferente e parece que seu estreitamento impediu parte do trabalho que eles fizeram para os carros com baixo rake.

Além disso, os strakes no difusor também foram reduzidos em 50mm, o que logicamente prejudicaria os modelos com rake alto.

No entanto, para as máquinas com baixo rake, seus difusores foram projetados para operar com o benefício desses strakes estarem mais próximos do solo e o efeito que a proximidade tem. Com esse benefício agora removido, seu difusor provavelmente será menos eficaz.

Red Bull tenta recuperar o atraso...

O RB16B apresenta um novo layout de suspensão traseira para 2021 que se inspira no arranjo usado pela Mercedes na temporada passada.

Mercedes W12 rear suspension detail
Red Bull Racing RB16B comparison rear suspension

Em ambos os casos, o principal motivo por trás da implementação é a aerodinâmica, já que as equipes procuram posicionar cada um dos elementos de suspensão em locais mais favoráveis. 

A Red Bull não foi capaz de se apropriar totalmente do design da Mercedes, já que isso exigiria mais fichas de desenvolvimento do que tinha à sua disposição. Mas ainda foi capaz de fazer alterações que sem dúvida melhorarão o fluxo na parte traseira do carro.

A posição do track rod é a principal diferença para a Red Bull (destacada em azul). Ele o moveu para a frente de seu conjunto.

Claro, não se pode subestimar o quanto isso representa um desafio estrutural. Embora as posições aerodinâmicas ideais possam fornecer desempenho extra, só vale a pena se você não adicionar uma quantidade substancial de peso ao carro que compensaria qualquer ganho.

Mercedes AMG F1 W11 rear suspension

Mercedes AMG F1 W11 rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

O elemento de suspensão mais baixo do Mercedes W11/12 está alojado na estrutura de colisão traseira, em vez do suporte da caixa de câmbio.

A Red Bull não foi capaz de ir tão longe quanto o time de Toto Wolff com seu design, pois precisaria de mais fichas de desenvolvimento para alterar o layout da estrutura de colisão também.

F1: Ex-diretor de GALVÃO BUENO relata TRETAS, 'CAUSOS' e GENIALIDADE do narrador da Globo; confira

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST – Quais são os pilotos mais carismáticos da F1, mas sem grandes resultados?

 

compartilhar
comentários
F1 - Ex-engenheiro de Massa: “pior coisa” para Sainz seria agir como Felipe na chegada à Ferrari
Artigo anterior

F1 - Ex-engenheiro de Massa: “pior coisa” para Sainz seria agir como Felipe na chegada à Ferrari

Próximo artigo

F1: Alonso 'volta atrás' após polêmica com Hamilton e Verstappen

F1: Alonso 'volta atrás' após polêmica com Hamilton e Verstappen
Carregar comentários