Brundle: saída de Rosberg pode deixar cicatrizes na Mercedes

Ex-piloto acredita que Valtteri Bottas vai enfrentar grande desafio ao substituir alemão na Mercedes em 2017, mas se pergunta se a aposentadoria do campeão mundial pode deixar danos duradouros na equipe

Brundle: saída de Rosberg pode deixar cicatrizes na Mercedes
Valtteri Bottas, Williams FW38
Valtteri Bottas, Williams, on the grid
Valtteri Bottas, Williams, on the grid
World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 shakes hands with team mate and race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Podium: second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1, third place Sebastian Vettel, Ferrari
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrates with second place World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 in parc ferme
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 in parc ferme
Lewis Hamilton, Mercedes F1 Team testing 2017-spec Pirelli tyres
Fernando Alonso, McLaren on the grid.
Carregar reprodutor de áudio

Falando durante o Autosport International Show em Birmingham, Martin Brundle acredita que a Mercedes está fazendo a escolha certa a curto prazo ao assinar com Valtteri Bottas para 2017.

Mas ele também está intrigado com o que pode acontecer no final desta temporada, quando os contratos atuais de Sebastian Vettel na Ferrari e Fernando Alonso na McLaren chegam ao fim.

"Isso deixou a Mercedes em uma posição muito difícil, mas no final desta temporada será interessante, quando tantos pilotos de ponta estarão sem contrato."

"Sabemos que Valtteri Bottas é rápido, mas é uma história diferente quando você está em um carro que vence corridas e campeonatos mundiais. Não há para onde correr e se esconder, o foco é cada vez mais forte."

"Acho que Valtteri tem a velocidade e capacidade mental de lidar com isso."

Sobre como Lewis Hamilton vai se adaptar com um novo companheiro de equipe, ele disse: "Lewis é um pouco 'Bring it on' não é? Traga quem quiser, que serei mais rápido do que ele."

"Mas acredito que ele estaria um pouco mais nervoso se fosse Fernando Alonso ou Sebastian Vettel."

Ainda chocado com a decisão de Rosberg

Brundle admitiu que continua chocado com a decisão de Rosberg de se aposentar da F1 aos 31 anos, poucas semanas depois de conquistar seu primeiro título mundial.

"Eu não acreditei. Alex, meu filho, me enviou uma mensagem de texto e pensei que ele estivesse brincando ou era primeiro de abril. Eu ainda não entendi."

"Admiro a coragem de suas convicções para dizer 'este é o ponto alto da minha carreira, eu vou sair agora porque consegui tudo o que queria'. É uma decisão ousada e corajosa."

"Mas onde está a paixão? Onde está o compromisso em mostrar para o mundo de novo que você é o melhor neste carro incrível, nesta equipe incrível? A maioria de nós [pilotos] teria dado qualquer coisa para guiar este carro por apenas uma temporada em nossas carreiras."

"Eu não entendo, mas respeito e você não pode questionar isso, é a sua decisão. Mas isso não significa que eu entenda."

compartilhar
comentários
Acionistas da Liberty Media aprovam plano de aquisição da F1
Artigo anterior

Acionistas da Liberty Media aprovam plano de aquisição da F1

Próximo artigo

Pirelli ganha teste extra com pneus de chuva

Pirelli ganha teste extra com pneus de chuva