F1: Entenda como Mercedes provocou 'troca de farpas' entre Red Bull e McLaren em Portugal

Mensagem de rádio a Norris no Q3 levou a insinuação de Helmut Marko de que a McLaren estaria ajudando a Mercedes

F1: Entenda como Mercedes provocou 'troca de farpas' entre Red Bull e McLaren em Portugal

O final de semana da Fórmula 1 em Portimão foi marcado por polêmicas, dentro e fora das pistas. E uma, que envolveu indiretamente a Mercedes, levou a uma troca de farpas entre Red Bull e McLaren após a classificação no sábado.

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, sugeriu após a classificação que o rádio da McLaren a Lando Norris sobre não ajudar Max Verstappen durante o Q3 teria um motivo maior: ajudar a Mercedes na batalha pelo título.

Leia também:

Falando ao canal austríaco ServusTV, Marko disse que a Red Bull havia notado a mensagem, indicando que seria um plano da McLaren para ajudar sua fornecedora de motores. 

Olhando para o modo como Verstappen perdeu a pole, Marko disse: "Claro, é frustrante quando você faz o melhor tempo. Mas, na curva 4, ele teve um vento que veio por trás e isso atrapalhou. Ele perdeu tempo por conta disso".

"Na segunda saída, Lando Norris recebeu no rádio a mensagem para não ajudar Max. Muito desportivo da Mercedes. E com Vettel, claro, ele estava ocupado com o carro, para se manter na pista. Foi uma pena".

Mas a McLaren insistiu que não havia feito nada de errado, e deixou claro que estava simplesmente garantindo que nenhum rinal tirasse benefício com o vácuo.

O chefe Andreas Seidl, disse: "Primeiro, temos que deixar claro que pilotamos para nós mesmos. E não para os outros. Nosso objetivo é terminar do melhor modo possível com ambos os carros".

"Acredito que isso é normal, todos fazem, e com Max não seria nada diferente. Ninguém quer dar o vácuo ao outro, porque isso ajuda o rival. A classificação é sobre o tempo que você faz sozinho, sem ajuda de ninguém".

"E acho que esse rádio provavelmente se refere a... quando você olha para o que todos fizeram na reta principal, após terminar a volta, você simplesmente tenta sair do caminho, para garantir que todos façam a volta sozinhos, sem ajuda".

Norris disse que ele interpretou a mensagem como não devendo ajudar Verstappen ao dar o vácuo a ele durante a volta.

"Não tenho ideia do que possa ter feito errado", disse Norris. "Tinha certeza que estava longe dele e, quando deixei passar, estava do lado direito, no lado oposto da pista, o mais lento possível".

"Então fiz o meu melhor para sair da frente dele. Não queria impedi-lo. Mas não ouvi nem vi o que disseram. Não bloqueei ele ou algo do tipo. Ele nunca esteve próximo".

F1 2021: HAMILTON bate VERSTAPPEN e BOTTAS com vitória DOMINANTE em PORTUGAL após 'susto' | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

compartilhar
comentários
F1: Hamilton promete manter disputa "limpa" contra Verstappen em 2021

Artigo anterior

F1: Hamilton promete manter disputa "limpa" contra Verstappen em 2021

Próximo artigo

F1: Mercedes acredita que tem "muito com o que se preocupar" no GP da Espanha

F1: Mercedes acredita que tem "muito com o que se preocupar" no GP da Espanha
Carregar comentários