F1: Vasseur crê que Hamilton e Leclerc não tirarão pontos um do outro a partir de 2025

Chefe da Ferrari revela que sempre vai preferir dois grandes pilotos a apenas um astro dentro do time

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 Team, Charles Leclerc, Scuderia Ferrari

O chefe da Ferrari, Fred Vasseur, insiste que a chegada de Lewis Hamilton não representa nenhum risco de ele e Charles Leclerc tirarem pontos um do outro e prejudicar as chances de título da equipe na Fórmula 1.

A equipe italiana está se preparando para contratar Hamilton como companheiro de equipe de Leclerc em 2025, para o que espera ser o início de uma nova era, onde poderá voltar ao topo da F1.

Leia também:

Mas ter dois números 1 claros em qualquer equipe traz o perigo de os pontos serem divididos entre os dois carros – abrindo a porta para uma equipe rival com um líder claro vindo para vencer os dois.

Mas Vasseur não vê as coisas assim e, em vez disso, pensa que há vantagens para uma equipe ter dois pilotos assim, empurrando um ao outro.

Questionado sobre a possibilidade de Hamilton/Leclerc potencialmente prejudicarem um ao outro, Vasseur disse: “Acho que não, porque acho que vocês têm uma espécie de benefício mútuo para a equipe, e provavelmente estamos conseguindo mais pontos com dois pilotos do que com um e meio.

“Este é um movimento positivo do ponto de vista do desempenho, e parte do nosso resultado hoje também vem do fato de termos uma boa emulação entre Carlos e Charles – que eles estão pressionando um ao outro.

“Assim que um desce, o outro está lá para obter resultados e ele está acordando o primeiro. É assim se você olhar desde o início do ano passado.

“Estou realmente convencido de que prefiro ter dois fortes do que o contrário.

“Mas tenho certeza de que o potencial de pontos para a equipe com dois bons pilotos é muito maior do que com um e meio. Essa é a minha opinião.”

Vasseur também elogiou a forma como Sainz abordou esta temporada, permanecendo motivado para dar o seu melhor, apesar de saber que não seria mantido pela Ferrari depois do final do ano.

“Acho que ele tem exatamente a mesma mentalidade de quando lançamos o carro em fevereiro”, disse Vasseur. “Ele conhece a situação; ele sabe que nos separaremos no final da temporada. Ele é um profissional.

“A primeira reação em fevereiro foi ‘tudo bem, Fred, é uma decisão difícil, mas vamos forçar até a última curva da última volta da temporada’.

“Ele é um mega profissional, totalmente comprometido e está fazendo um ótimo trabalho. Estou convencido de que assim permanecerá até o final de 2024.

“A abordagem é muito profissional, muito dedicada e estou muito satisfeito com Carlos.”

Alpine 'CHUTA' Ocon! Max JÁ DÁ DESCULPAS pré-Canadá? Newey... CHUVA em Montreal | Márquez na Ducati!

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast Motorsport.com debate: Verstappen e RBR ameaçados em 2024?

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ricciardo ganha apoio importante para se manter na RB em 2025
Próximo artigo F1 - O conselho de Steiner para a Alpine: evite Mick Schumacher

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil