Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
29 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
43 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
57 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
71 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
78 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
92 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
106 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
113 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
134 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
148 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
190 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
197 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
211 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
218 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
232 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
246 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
253 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
267 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
281 dias

Teste confirma avanço e Renault pode estrear motor em Mônaco

compartilhar
comentários
Teste confirma avanço e Renault pode estrear motor em Mônaco
Por:
19 de mai de 2016 13:48

Red Bull e Renault saem satisfeitas com dados obtidos nos testes em Barcelona; motor novo entregou salto significativo de performance e pode estrear antes do esperado

Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team and Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16 and team mate Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS16 battle for position
Felipe Nasr, Sauber C35 and Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS16
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12
Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16

Os testes pós-GP da Espanha no circuito de Barcelona foram positivos para a Renault, que disponibilizou para a equipe oficial e para a Red Bull a versão atualizada da unidade de potência francesa.

A atualização, prevista para ser introduzida no GP do Canadá, é vista como a 'menina dos olhos' dos gauleses e aguardada com ansiedade pelas duas equipes. Os dados obtidos na Catalunha confirmaram as expectativas e todos os pilotos que a utilizaram ficaram impressionados com a sensação de maior potência e dirigibilidade melhorada.

Entretanto, todos tinham em mente que para quantificar de fato a amplitude da evolução seria necessário olhar os dados da telemetria. Bob Bell, diretor técnico da Renault, confirmou que os dados foram verificados e a evolução é significativa - o que o deixou positivo quanto à melhora que deve ser vista quando a atualização for utilizada pelas equipes.

“Os motores foram verificados e podemos confirmar a evolução através dos dados obtidos. Aparentemente, a atualização parece entregar na pista o que vimos no banco de provas - ficaríamos surpresos se não fosse desta forma. Todos os sinais indicam que a atualização nos dará exatamente o que esperamos", disse Bell ao Motorsport.com.

Fontes disseram que o revigorado motor Renault poderia dar um ganho de quatro décimos por volta em uma volta padrão - o que teria sido suficiente para colocar a Red Bull em pé de igualdade com a Mercedes no GP da Espanha, por exemplo.

Questionado se tais números eram precisos e se a Renault previa isso, Bell respondeu: "Sim, esperamos alguns bons décimos de segundo com esta evolução. Para ser honesto, não seria uma evolução se não tivéssemos tal ganho", ressaltou.

Novidade pode ser antecipada para Mônaco

Originalmente, a atualização estrearia no GP do Canadá, mas a escalada na evolução pode antecipar a introdução do renovado motor Renault já para a próxima etapa, o GP de Mônaco.

A decisão final ainda não foi tomada, pois o diretor técnico reconheceu que há muitos fatores que devem ser levados em consideração antes da introdução de uma unidade de potência completamente nova.

“É mais uma questão de nos certificarmos de que o que temos no motor está pronto para ser utilizado nas corridas. Não é uma questão apenas de introduzir um amontoado de mudanças mecânicas. Tudo precisa ser mapeado apropriadamente e precisamos cuidar das circunstâncias operacionais. Com estes motores V6, você precisa ter certeza de mapeá-los corretamente", observou.

“Mônaco possui características únicas, como vários trechos em que o motor funciona em baixas rotações. Então precisamos verificar se a atualização funciona bem nesta situação. É apenas uma questão de ter certeza de que o motor está absolutamente no caminho que desejamos", completou.

Próximo artigo
Pirelli anuncia compostos para o GP da Hungria

Artigo anterior

Pirelli anuncia compostos para o GP da Hungria

Próximo artigo

Análise técnica: os detalhes das atualizações da McLaren

Análise técnica: os detalhes das atualizações da McLaren
Carregar comentários