F1: Russell fala do desafio que terá na Mercedes e classifica Hamilton como "o maior de todos os tempos"

Britânico também falou sobre a despedida da Williams e o desejo de terminar esse capítulo do melhor modo possível

F1: Russell fala do desafio que terá na Mercedes e classifica Hamilton como "o maior de todos os tempos"

O mais novo contratado da Mercedes na Fórmula 1, George Russell diz que não possui nenhuma ilusão sobre o tamanho do desafio que enfrentará a partir do próximo ano quando correr ao lado de Lewis Hamilton, o qual considera "o melhor de todos os tempos".

Russell foi confirmado pela Mercedes nesta terça-feira (07) após três temporadas com a Williams. Ele substituirá Valtteri Bottas, que deixa a equipe alemã após cinco anos.

Leia também:

Com Bottas cumprindo seu papel na limpa da Mercedes, conquistando todos os Mundiais de Construtores desde então, Russell não precisa ser relembrado sobre o tipo de contribuição que é esperado dele.

Falando sobre seu futuro com a Mercedes, ele disse: "Não tenho ilusões sobre o tamanho do desafio, será uma curva de aprendizado íngreme. Valtteri deixou um patamar alto, entregando consistentemente semana após semana, com vitórias, poles e ajudando a conquistar vários títulos".

"Meu objetivo é recompensar a confiança que Toto, a equipe e os diretores colocaram em mim, garantindo que eu faça minha parte em dar continuidade a esse sucesso, e quero deixar orgulhosos meus novos companheiros de equipe".

A chegada a Mercedes traz para Russell também um novo companheiro de equipe, Hamilton, visto por muitos como um dos melhores da história. E apesar de não querer ser apenas um segundo piloto para o compatriota, ele sente que há a oportunidade de aprender muito.

"Um desses novos companheiros de equipe é, na minha opinião, o maior de todos os tempos. Admiro Lewis desde meus anos no kart e a oportunidade de aprender com alguém que se tornou um exemplo dentro e fora da pista pode me trazer benefícios como piloto, profissional e ser humano".

George Russell, Williams, and Lewis Hamilton, Mercedes, congratulate each other in Parc Ferme after Qualifying

George Russell, Williams, and Lewis Hamilton, Mercedes, congratulate each other in Parc Ferme after Qualifying

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Russell disse que, enquanto está muito animado com a chance de correr pela Mercedes, sente também uma ponta de tristeza ao deixar a Williams após três anos.

"É um dia especial para mim, pessoal e profissionalmente, mas é também um dia de emoções mistas. Estou animado por correr na Mercedes no próximo ano, o que representa um grande passo na minha carreira, mas também significa que direi adeus a meus companheiros e amigos na Williams".

"Foi uma honra trabalhar ao lado de cada membro da equipe, e uma honra representar o nome Williams na F1. Desde a minha chegada em 2019, dei o meu melhor para levar todos adiante e levar a equipe novamente à frente do grid, onde merece estar".

"Batalhamos por cada posição no grid, cada ponto, cada décimo de segundo. Não importa o quão difícil tenha sido, ninguém desistiu e isso me inspira todos os dias. Amei cada momento no que eu descrevo como uma equipe de corrida de coração e alma, e darei tudo de mim para terminarmos essa história do melhor modo possível".

F1 2021: Saiba CINCO fatores que MUDAM na Mercedes com RUSSELL ao lado de HAMILTON

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #129 - A aposentadoria de Raikkonen e tudo sobre o GP da Holanda

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton dá boas-vindas a Russell na Mercedes: "Você mereceu a vaga"
Artigo anterior

F1 - Hamilton dá boas-vindas a Russell na Mercedes: "Você mereceu a vaga"

Próximo artigo

F1: Red Bull questiona interferência da Mercedes em negociação de Albon com Williams

F1: Red Bull questiona interferência da Mercedes em negociação de Albon com Williams
Carregar comentários