F1: Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre para o GP da Bélgica; Ferrari fica no fundo

Mundial abriu as atividades para a sétima etapa da temporada 2020 nesta sexta; Spa abre mais uma rodada tripla junto com Monza e Mugello

F1: Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre para o GP da Bélgica; Ferrari fica no fundo

A Fórmula 1 voltou à Bélgica para um de seus GPs mais tradicionais do ano. E no primeiro treino livre, que abriu as atividades de pista da sétima etapa da temporada 2020, marcado por pouca movimentação na pista, a ponta ficou com Valtteri Bottas, abrindo uma dobradinha da Mercedes. Mas um destaque foi a proximidade de Max Verstappen da dupla, enquanto a Ferrari ficou no fundo da classificação.

Fora das pistas, a semana da F1 em Spa Francorchamps foi marcada por homenagens a Anthoine Hubert, piloto da Fórmula 2 morto em acidente no local em 2019 durante a primeira corrida da categoria. A F1 organizou uma série de homenagens ao francês, como seu símbolo oficial estando presente em todos os carros que correrão neste fim de semana no local.

Leia também:

Dois dos pilotos mais próximos de Hubert, Charles Leclerc e Pierre Gasly comentaram nesta semana sobre a dificuldade de voltar à Spa e relembrar os momentos tristes da etapa de 2019. Outro piloto que falou sobre o acidente foi Juan Manuel Correa, que esteve envolvido na batida mas, felizmente, sobreviveu. Correa, que segue em recuperação, já mira um retorno à F2 em 2021.

Nesta semana, a F1 também finalizou o calendário de 2020, adicionando quatro provas à temporada: a volta do GP da Turquia, uma rodada dupla no Bahrein com os GPs do Bahrein e do Sakhir e o GP de Abu Dhabi, finalizando o campeonato no meio de dezembro.

No mercado de pilotos, a incerteza sobre a novela Sergio Pérez - Sebastian Vettel - Aston Martin segue. O mexicano voltou a reafirmar a certeza de sua permanência, afirmando que nem está negociando com outras equipes. Já o tetracampeão viu as portas da Red Bull se fechando mais uma vez, com Helmut Marko falando que a equipe não pode abandonar sua filosofia só porque o alemão está sem contrato.

Na Williams, que está em sua primeira corrida após o anúncio da venda para o grupo norte-americano de investimento Dorilton Capital, o momento é de uma "revisão completa" do negócio por parte dos novos donos, que estão analisando onde é necessário mais investimento. Mas a dúvida sobre o envolvimento da família no futuro da equipe segue,

Fora da Bélgica, o grande assunto do momento é a Globo. Segundo informações divulgadas na quinta-feira (27), o Grupo teria optado por não renovar os direitos de transmissão da F1 após décadas a frente da cobertura do Mundial no país.

Para comparação, no TL1 de 2019, a Ferrari dominou a sessão, fechando com uma dobradinha liderada por Vettel, que marcou 01min44s574. Na ocasião, Verstappen, o terceiro, ficou a um segundo do tempo de tetracampeão.

A primeira volta rápida veio cedo, com pouco mais de cinco minutos no cronômetro. E quem abriu os trabalhos oficialmente foi o vencedor da etapa de 2019 que abriu as voltas rápidas em Spa. Leclerc marcou 01min47s152. Depois do tempo do monegasco, passaram-se quase 20 minutos sem carros na pista. Verstappen, de pneus duros, quebrou o silêncio de Spa ao marcar 01min45s886, e baixando para 01min45s470 poucos giros depois.

O tempo do holandês da Red Bull seguiu sendo o padrão mesmo com as primeiras entradas das Mercedes na pista. Hamilton, de compostos duros, ficou inicialmente a 0s518 de Verstappen, enquanto Bottas, o aniversariante do dia, fez um tempo 0s769 mais alto, se aproximando algumas voltas depois.

De pneus médios, Hamilton assumiu a ponta com 01min45s298, fazendo o melhor segundo setor da pista, mas perdendo tempo no último trecho da pista, que foi amarelo na cronometragem. O hexacampeão ficou 0s172 e 0s366 a frente de Verstappen e Bottas, respectivamente.

Na marca de 45 minutos de sessão, o grid inteiro estava de nos boxes, uma marca de um treino pouco movimentado. A classificação no momento era: Hamilton, Verstappen, Bottas, Stroll, Pérez, Norris, Kvyat, Gasly, Albon e Ricciardo fechando o Top 10. Na Ferrari, Leclerc era o 12º e Vettel o 17º e último, já que Magnussen, Grosjean e Giovinazzi ainda não tinham tempos.

O principal motivo para o treino pouco movimentado é a previsão do tempo para o final de semana. A expectativa é de um TL2 com chuva, e a mesma coisa é esperada para a corrida no domingo. Com isso, as equipes usaram a sessão com pista seca para testar ao máximo todos os compostos slicks.

Pouco depois, a Haas confirmou que seus pilotos não iriam à pista durante a sessão, para investigar uma falta de potência nos motores de ambos.  

Os pilotos voltaram à pista com cerca de 35 minutos para o fim, com Norris já de pneus macios. O britânico marcou 01min45s274, sendo apenas 0s024 mais rápido que Hamilton. Pouco depois, Sainz fez 01min45s222. No Top 10, as Racing Points e as AlphasTauris eram as únicas com tempos de composto macio até então.

Os tempos começaram a baixar com 30 minutos para o fim com as Mercedes na pista. Bottas pulou para a ponta com 01min44s493, enquanto Hamilton ficou a apenas 0s069 do companheiro de equipe. A dupla da Racing Point seguiu logo após, com Pérez em terceiro e Stroll em quarto.

No final, o 01min44s493 de Bottas não foi desafiado pelo restante da sessão, com o finlandês terminando o TL1 no topo. Hamilton e Verstappen completaram o Top 3, separados de Bottas por menos de um décimo. Fechando o Top 10, Pérez, Stroll, Albon, Ocon, Sainz, Ricciardo e Norris. Já as Ferraris foram apenas 14º e 15º em uma sessão onde apenas 17 pilotos completaram voltas rápidas.

A Fórmula 1 volta à pista nesta sexta com o segundo treino livre para o GP da Bélgica. A sessão está marcada para 10h, com transmissão pelo SporTV2.

Todas as notícias sobre o GP da Bélgica da F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Não esqueça de se inscrever no canal e ativar as notificações para não perder nada! Fique por dentro de todas as novidades e análises e confira nossos programas em vídeo e podcast!

Cla # Piloto Equipe Motor Voltas Tempo Dif
1 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 18 1'44.493  
2 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 17 1'44.562 0.069
3 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 20 1'44.574 0.081
4 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 22 1'44.629 0.136
5 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 22 1'44.868 0.375
6 23 Thailand Alex Albon Red Bull Honda 22 1'45.049 0.556
7 31 France Esteban Ocon Renault Renault 20 1'45.099 0.606
8 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 24 1'45.222 0.729
9 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 21 1'45.225 0.732
10 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 28 1'45.274 0.781
11 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 25 1'45.447 0.954
12 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 17 1'45.503 1.010
13 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 19 1'45.704 1.211
14 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 18 1'45.759 1.266
15 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 15 1'46.179 1.686
16 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 19 1'46.488 1.995
17 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 21 1'46.570 2.077
18 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 1    
19 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 2    
20 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 2    

DIRETO DO PADDOCK: A alfinetada de Verstappen e a possível saída da Globo com participação de Ricardo Zonta

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Empresa de autódromo do RJ pode substituir Globo e ter direitos de transmissão da F1 no Brasil

Artigo anterior

Empresa de autódromo do RJ pode substituir Globo e ter direitos de transmissão da F1 no Brasil

Próximo artigo

F1: Organização do GP da Holanda considera corrida no final de 2021 para que fãs possam comparecer à prova

F1: Organização do GP da Holanda considera corrida no final de 2021 para que fãs possam comparecer à prova
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Guilherme Longo